domingo, 10 de fevereiro de 2008

Nós, Portugueses

"...Este povo profundamente autocrítico, absorvido pelo seu próprio passado, para o qual a mudança é um desafio, sobrecarregado por uma burocracia e por serviços ineficazes, pressionado por um baixo rendimento, por custos e impostos elevados."
Marion Kaplan

8 comentários:

Zé Povinho disse...

O passado devia levar-nos à superação e não ao inevitável fado. Um país é como um exército, só ganha batalhas se for bem comandado e houver organização. É fácil descobrir as fraquezas, o já é mais difícil é encontrar alternativas dentro do espaço da política nacional.
Abraço do Zé

Teresa Durães disse...

concordo na sua maioria (com pema minha)

Teresa Durães disse...

(com pena)

O Réprobo disse...

Há é um sentimento de aposentação: descobrimos as Índias, agora é altura de nos deixarmos de forçar destinos. É um fado.
Abraço

ana disse...

Falou e disse.

Carla disse...

Assustadoramente certo...

SM disse...

Porque é que aposto que todos os portugueses que conheço se identificam de alguma forma com isto e porque é que não há maneira de mudar-mos as coisas ?!?!?

É o fado ...

Anónimo disse...

concordo com o colega marion kaplan no seu comentario, é que o portugues pararam no tempo,enquanto os outros paises desenvolveram evoluiram, portugal despreocupou-se com a busca de novos horizontes, acordem tugas ainda há tempo vamos a luta não desanime o sol nasce para todos.