sexta-feira, 17 de novembro de 2006

Brinquedos sexuais


Actualmente existe uma enorme parafrenália de artigos sexuais, num negócio que movimenta milhares de dólares anualmente. A procura é crescente e a indústria especializada não cessa de lançar produtos cada vez mais inovadores e bizarros no mercado. Pessoalmente não tenho nada a opor, desde que sirvam para estimular a vida sexual dos casais, sendo utilizados de mútuo acordo e respeitando os sentimentos do parceiro. No entanto, creio que o produto ilustrado na foto poderá fazer as delícias de muitas moças solitárias...Está sempre firme e não correm risco de que ele adormeça após a primeira sessão. Agora gostaria de saber a vossa opinião sobre este curioso mercado. Mas, sem falsos moralismos, ok?

14 comentários:

Paulo Cunha Porto disse...

Meu Caro Capitão-Mor:
Estes ainda são identificáveis. Mas tenho informação segura de que as nossas polícias se viram e desejaram para catalogar e etiquetar um estranho objecto apreendido a uma quadrilha que traficava Mulheres. Recorreram ao "parecer técnico" do vendedor de uma "sex shop" e vieram a saber que se tratava de um... dilatador de ânus, imagine!
Abraço.

Cris® disse...

Às suas ordens Capitao! hehe
Obrigado pelo elogio ao meu espaco, tb tô gostando do seu, onde mora mesmo?
Ah, os brinquedinhos... pois é, acho válido toda a forma de se estimular a libido, desde que ambos sintam prazer nisso :)

lois disse...

E as lojas desses artefactos estão em crescendo ...

Conheço uma sex shop em determinado bairro residencial, que se mantêm aberta desde o início ( tb com mt negócio online ), enquanto tudo qt é loja nessa zona de outros ramos, já mudou de rumo; de explorador, algumas até fecharam ( inclusivé cafés ).

Negócio do futuro !

Maria disse...

É um mercado como outro qualquer, obedece à lei da oferta e da procura, e a procura à medida que a vergonha tem vindo a diminuir, tem vindo a aumentar... bom para todos portanto!

Rita disse...

este mercado tem toda a saída e mais alguma e só por isso é mais do que bem-vindo! deixemo-nos de moralismos, estes brinquedos sexuais podem apimentar em muito uma relação : ) porque não? (nunca negar a partida uma ciencia q s desconhece é o meu lema - e olha q POR ACASO n tenho nenhum brinquedo intimo, SO MMO POR ACASO )

Kalinka disse...

Helllooooooo
visitei NATAL e adorei.
Parabéns por teres escolhido essa bela zona para viveres...

deixei lá no meu cantinho, um «desafio» para tu responderes!!!

Vai até lá, e depois...vou ter todo o prazer em me deliciar ao ler as tuas respostas, ok?

Surpreende-me. Força.

Bom fim de semana.
Beijokas.

Miguel disse...

Este blog começou a "abrir o livro" ...!

Os votos de um BOM FDS!
Um abraço da matilde e Cª!

Ana disse...

Olha, por mim...nada contra! Pelo contrário... tudo o que fôr para alegrar a "festa", é bem vindo!

Beijocas

Isabel disse...

Sei lá! Acho que é isso mesmo que você disse, desde que seja de comum acordo, tudo certo. Respeito é a chave pra quase nessa vida!

Cheiros,

vinte e dois disse...

Amigo capitão, apesar das coisas terem mudado bastante nos últimos anos, ainda há uma grande falta de à vontade em falar do assunto. Dificilmente alguém revela publicamente que recorre a um desses artigos na sua vida sexual com o/a parceiro/a. Mas uma coisa é certa, cada vez mais os casais recorrem a estratégias desse género para, por vezes, saírem da rotina em que caiu a sua vida sexual. E acho muito bem ;)

LFM disse...

Sou 100% a favor desse nercado.
Moralismo é chamar-lhe brinquedos!
São utensilios, mais ou menos práticos, sofisticados, coloridos, suaves, etc...
Apenas a sua semelhança com a realidade e/ou maneiras como se utilizam, podem obrigar a algum sigilo e práticas poucos públicas.

APC disse...

É como tudo, amigo: se há mercado é porque há compra; se há compra é porque há necessidade; se há necessidade, dizer o quê, a menos que prejudique alguém? Ele há "contras" e "a-favores"? Não creio... Apenas quem queira ou não queira. Como tudo no sexo, o segredo está em optar pelo que satisfaz, penso eu à data de hoje.
Um abraço.

Anónimo disse...

Se existe uma enorme parafrenália destes artigos, é porque existe também uma enorme procura dos mesmos! Se movimenta milhares de dólares, óptimo! A Economia do país precisa de bons negócios! Quanto a mim...têm um defeito: ainda não mudam pneus!!! lol

sereia disse...

Eu adoro-os!