quarta-feira, 15 de novembro de 2006

Proclamação da República

Hoje celebra-se por aqui, o feriado da Proclamção da República instituída a 15 de Novembro de 1889 pelo Marechal Deodoro da Fonseca. Este acontecimento histórico pode ser entendido, como o resultado das profundas modificações que se desnrolavam no país, tais como: decadência das oligarquias tradicionais ligadas à terra, abolição da escravatura, imigração europeia, processo de industrialização e urbanização que criou antagonismos entre as áreas rurais e urbanas. Os sectores mais progressistas, eliminaram o trablho escravo e adoptaram relações capitalistas de produção, ávidos de reformas e, consequentemente, opunham-se aos sectores estagnados e retrógados que apoiavam a Monarquia e que por ela eram apoiados.
Desta forma a República foi o resultado da aliança entre grupos activos da classe média e representantes do sector mais dinâmico da classe senhorial. O Exército identificado com os interesses da classe média, realizou a mudança de regime que deixara de atender às necessidades de parcelas importantes da sociedade brasileira.
Mas na minha opinião, não foi a República que veio resolver os profundos problemas deste país...

2 comentários:

Maria disse...

A América Latina, mesmo com as suas diferenças, tem toda o mesmo problema de base, os políticos são na sua grande maioria péssimos...

Bjs

Miguel disse...

Talvez a Maria tenha razão ...!

Um abraço tuga da Matilde e cª!