sábado, 16 de dezembro de 2006

Homens no Divã


Após uma intensa pesquisa em páginas de consultórios sentimentais, elaborei uma colectânea das grandes dúvidas existenciais do ser masculino no relacionamento com o sexo oposto. Desde já, gostaria de contar com as doutas opiniões dos comentadores de ambos os sexos.

1- Digo a verdade quando ela me perguntar se está bonita?

2- Porque será que algumas mulheres no início do relacionamento fingem gostar das mesmas coisas que nós e tempo depois confessam odiar essas mesmas coisas?

3- Já estou cansado de me agarrar com profissionais da noite e agora quero namorar a sério, para casar na Igreja. É verdade que os opostos se atraem ou no fundo procuramos uma pessoa que seja a nossa semelhança. Uma imagem reflectida no espelho?

4- Sou um indivíduo feio e pobre, mas tenho uma namorada que faz parar o trânsito. Quando saímos, existe sempre um monte de fulanos a babarem-se por ela. Será que um dia ela irá despertar para a realidade e acabar tudo comigo?

5- O grande dilema da minha vida é: Como avisar a minha namorada que não tenho a mínima vontade de almoçar com os pais dela todos os domingos?

6- Tenho um pénis com um comprimento acima da média (23cm). Quando tenho relações sexuais com a minha companheira, não entendo muito bem se ela geme de prazer ou de dor.

10 comentários:

Ana disse...

1-Esta serve para namorados, amigos, maridos, mulheres, amigas: SIM, digam sempre a verdade.

2-Há uma certa tendência para se querer agradar no iníco de um relacionamento, mas isso tambem acontece com os homens.
Sou pela autenticidade.

3-Faz-me um bocado de confusão esses "planos" tão bem elaborados, tipo: "agora quero encontrar alguem para casar". Eu diria que quem procura, não encontra. As coisas acontecem quando têm de acontecer.
Se procuramos alguem á nossa semelhança? Falando por mim, não. Nunca procuro alguem assim ou assado. Ou há "click" ou não há.

4- Se o fizer, é porque tambem não valia a pena...

5- E que todos os dilemas na vida fossem esses! Mais uma vez, sou pela verdade e autenticidade. Dizendo e pronto.

6- E custa perguntar??

Mel disse...

No fim de tudo homens e mulheres têm suas dúvidas e receios...

Rita disse...

custa alguma coisa sermos nós proprios?

aol disse...

Essa tua natureza de "nobreza decadente", está a voltar...
Após um longo período de "Bon Vivant", a fazer todas as loucuras que nunca se criticam a um jovem nobre (mesmo que decadente, lol)chega a idade em que há que procurar uma jovem de boas famílias, bonita e, claro, pouco ou nada "rodada"(que isso de gozar a vida antes de sossegar é só para os machos)para casar, e ter descendência, sendo que o primeiro rebento terá que ser, naturalmente, macho.
Depois surgem estas questões, porque, imagino eu, é dificil encontrar uma donzela dentro dos parâmetros pretendidos, lol!!!
Beijos grandes!!!!!

Maria disse...

Como filha de psicanalistas, passo o tempo todo a ouvir anedotas sobre a vida profissional dos meus pais, assim temos a minha favorita:

um casal está na cama e o marido começa a chegar-se mais para juntinho da mulher, beijinho aqui, beijinho ali, e a mulher encolhe-se toda. Ele continua a tentar, mas a mulher diz-lhe:
- Vamos conversar. Sabes, desde que comecei a psicoterapia que descobri que na nossa vida existem muitas influências, dos nossos pais e familiares e também do meu psicanalista.

O marido grunhe um "hum..." e volta à carga, beijinhos, festinhas e afins, mas a mulher dá-lhe uma sacudidela e diz-lhe com um ar muito envergonhado:

- Na nossa cama estão os meus pais, os teus pais, os nossos irmãos, e demais pessoas influentes na nossa vida...

Ele responde:
"ou pões todos fora, ou eu vou-me embora"...

Beijocas

Paulo Cunha Porto disse...

1- Não responda. Diga é mau juiz por estar loucamante apaixonado. Costuma resultar nesta fórmula, equivalente à «quem ama o feio bonito lhe parece», que, contudo, convém evitar.

2- Dizia Alphonse Karr: «O Amor é a única caçada em que o caçador se entretém a fingir que é a caça». Toda a gente sabe que os caçadores são mentirosos.

3- Atenção, os espelhos devolvem a imagem, mas invertida. Logo...

4- Não posso opinar, porque nunca preenchi a parte inicial da primeira condição e porque consegui sempre propagandear os méritos de «amor e uma cabana».

5- Faça a parte de que gosta de passar o Domingo romanticamente, a sós com ela. Se a Menina desconfiar, diga que, por mais repousado, é ao Domingo que se encontra em melhores condições para aquilo que a gente sabe. Vai vê-la perder a vontade de ter refeições familiares alargadas..

6- Corta(, ora) essa!

Espero ter-Lhe sido útil.
Abraço.

Claudinha disse...

Ei Capitão! Tudo bem? Peço desculpas pela demora em visitar seu espaço, mas andei correndo demais! Gostaria de tentar responder suas perguntas...
1- sim diga sempre a verdade, se ela é sua namorada ou sua eleita, deverá achá-la bonita, certo?

2- por que estas algumas mulheres são inseguras e sem personalidade, oras... Fuja delas!

3- deixe que sua alma encontre para você, quando encontrar a pessoa, você saberá... Poder ser sua imagem ou nada a ver, mas seu corpo sentirá...

4- Como saber se não tentar? Seja realista, atento e mande ver, quem não lambisca, não petisca...

5- Abrindo a boca e falando calmamente com carinho e a voz suave, dando aquele sorrisinho safado com jeito de quem quer algo mais...

6- Se ela quiser mais, o que importa isto? É sinal que gostou, uai!

Valeu!

Ana disse...

Deixei-te um desafio no meu blog!

Belzebu disse...

Após uma intensa análise do post, elaborei uma colectânea das grandes dúvidas existenciais do ser masculino no relacionamento com o sexo oposto.
Será que cada vez que fôr a um bar com varões, poderei ter alguém a relatar os meus flatos em livro? Será que se fôr entrevistado pela pivôt da TVI, corro o risco de ser abucanhado em directo?

Estou inquieto com tantas dúvidas!

eheh!! Saudações infernais!

Bad Lolita disse...

Todos nós (homens e mulheres) temos duvidas em relacção ao parceiro... o ser humano é complicado..

para veres bem as diferença entre os dois sexos... sugiro o livro

"os homens são de marte, e as mulheres de venus" :)


finalmente consegui comentar os blogs beta... uffa

beijooo