quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Clodovil Hernandez


Quarto deputado federal mais votado de São Paulo na eleição de 2006, com 439951 votos, destaca-se pelas inúmeras polémicas que tem causado no congresso brasileiro. Gay assumido e figura mediática, evidencia dificuldades para conter a sua língua viperina. Porém, não são raras as vezes, em que se excede nas suas declarações absurdas. Destaco um depoimento dado a uma rádio sobre o 11 de Setembro. Clodovil disse que o ataque foi arquitectado pelos próprios norte-americanos: "Evidente que foi armado pelos americanos. É como o Holocausto: você acha que não tinha nenhum judeu manipulando isso por debaixo do pano?"
O que esperar da política de um país onde existem estes seres bizarros?

6 comentários:

Evelyne Furtado disse...

Capitão, a política no Brasil está vergonhosa, mas Clodovil é uma piada.

Ana disse...

Oh deus... já sabia essa da teoria da conspiração contra os EUA, mas essa dos judeus é de morte...

Essa personagem deu-me muitas horas de riso... E o Ceará do Pânico a imitá-lo tb!=)

Maríita disse...

Ainda bem que avisaste que era um homem...

AnadoCastelo disse...

Por acaso já o vi na Globo quando tínhamos o GNT. O homem é mesmo má lingua, mas mais quem é que lhe dá crédito?
Bjs

O Réprobo disse...

Meu Caro Capitão-Mor,
claro que depois da língua viperina do texto e da foto associada todos estávamos cientes de que este Cidadão Gay está mais habituado a dar outros usos ao dito orgão, não a empregá-lo em falar bem.
Abraço

Tati disse...

se você for lá na Jeca, em outubro de 2006, verá um post chamado renato Russo e Cazuza cantam: a gangue! em que falo sobre o absurdo da eleição deste ser humano privado de qualquer preparo político! Triste!!!!

PS: Viu que te mandei um mail com a resposta da série?