sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Barba & Cabelo


Um simples corte de cabelo, na maioria das vezes, pode-se tornar um excelente momento de conversa. Num salão de beleza masculino, os assuntos rondam invariavelmente três assuntos primordiais: mulheres, anedotas e futebol. Esta semana, a minha sessão de tosquia, foi acompanhada de um diálogo peculiar que vou tentar reproduzir.
Alexandre: Oi portuga!
Capitão-Mor: Oi Alexandre! Tudo bem com você?
A: Tudo beleza! Nossa, se todo o mundo demorasse pra cortar cabelo como você, eu abria falência...
CM: Realmente, faz tempo...
A: Seu penteado é meio diferente. Lá em Portugal, é essa a moda?
CM: Estou por fora das modas de lá. Em Lisboa, diriam que tenho cabelo à beto...
A: Beto? O que é isso?
CM: Hum...o que vocês chamam de mauricinho.
A: Ah,tá! Como vai ser o corte?
CM: Você já sabe como é...só tirar um pouco o volume e não se atreva a tirar-me as costeletas (patilhas).
CM: Entendi. Sabe que a primeira vez que você entrou aqui, eu pensava que você era argentino?
CM: Porquê?
A: Não entendia bem o que você falava e por causa desse cabelão. Aliás, os portugueses têm esse problema...
CM: Que problema?
A: Ou são carecas ou muito cabeludos! Sabe que eu trabalhei numa barbearia de um português, lá em São Paulo?
CM: Ai foi?
A: Ficava na Vila Maria. Tinha um monte de clientes portugueses. Tudo carecas ou cabeludos demais. O patrão, o sr.Vítor, bebia bagaceira logo pela manhã! Pense num negócio doido!
CM: E você, já experimentou a nossa bagaceira?
A: Sim. Ás vezes,ele dava pra mim. Forte demais! Prefiro cana...
Instantes depois, Alexandre larga tudo e vai para a porta do salão.
A: Vixe! Ei portuga, tá vendo aquela bichinha gostosa que está passando?
CM: Não é nada má! - respondo, esticando o pescoço na direcção da porta.
A: Fico doido quando vejo aquela bunda! Tô vendo se pego ela!
CM: Mas você já me disse que é casado...
A: Qual é o problema? Você tá por fora, meu amigo! E você, ainda não casou?
CM: Não. Estou bem assim. Há coisa melhor que ser solteiro?
A: Faz muito bem. Essa mulherada é toda doida! Você casa, uns anos depois ela pede o divórcio e tu se lasca. Pense num negócio sem futuro!
CM: Como assim?
A: Aí você tem que dividir as tuas coisas, dar pensão...entendeu?
CM: Ah, sim! Por enquanto, estou longe desses problemas.
A: Mas você não me engana não! Tu tem cara de playboy! Você tem um jeito mineirinho...sabe como é?
CM: Come pela calada?
A: Isso mesmo! Mas tenha cuidado. As mulheres daqui são loucas pra pegar um gringo!
CM: Já estou farto dessa conversa. Há gente boa e má como em qualquer lugar.
A conversa ainda prosseguiu em torno de personalidades locais, sobre o fracasso do América/RN no campeonato brasileiro e minutos depois, já me vou preparando para sair com um visual renovado.
A: E aí? Está do jeito que você queria?
CM: È...está óptimo!
A: Bom, agora já sei que só vejo você daqui a dois meses!
CM: Ah,ah,ah! Mais ou menos isso...
A: Vou chamar você de Rei Leão, viu?
CM: Pode ser. Bem, vou indo...estou com pressa.
A: Tá certo. Vá com Deus e cuidado com a mulherada. Viu portuga?

11 comentários:

foryou disse...

A mulherada é o quê???????? Tu queres que eu te corte o cabelo à facada??? aaiiiii :P

Veca disse...

Perfeito esse diálogo, Capitão! Dei risadas.
Bjo e ótimo fim de semana.

Evelyne Furtado disse...

Ah, cuidado com essas mulheres que querem "pegar um gringo". São poucas, mas existen,rs.

Teresa disse...

capitão,

o meu cabeleireiro queixa-se que não tem cliente que goste tanto de cortar o cabelo como eu. gostava eu que ele crescesse mais rápido :)

beijão e bom fim-de-semana.

SM disse...

Hello !!!

Ai se ai tentam apanhar "gringos" imagina aqui por onde eu ando ...

Obrigado pela visita e bom fim de semana !!!

Beijocas

O Réprobo disse...

Meu Caro Capitão-Mor,
eis como Kant justificou intelectualmente o seu abstencionismo mulheresco:
"...um senhor respeitável que gosta de ler livros, porque a leitura lhe concilia melhor o sono ou o apaixonado da caça, mesmo que seja de moscas, como Domiciano, todos têm uma sensibilidade que lhes permite gozar os prazeres a seu modo, sem invejar os outros, nem deles fazer ideia.".
Devo dizer que nunca consegui ser respeitável a este ponto e que preferi sempre as caçadas de que não resultassem mortes...
Abraço

Maríita disse...

O diálogo entre do cartoon é genial!!! LOLOL!

O meu irmão tem mesmo uma juba impressionante!

Beijinhos

® disse...

Esse barbeiro fala demais, aliás, o que é comum com barbeiro, cabelereiras aí hehehehe

Nos saloes para mulheres, a concorrência do melhor corte e visual, se vê pelos olhos da mulherada correndo entre uma, e outra.

E quanto a ´essas mulheres que querem pegar gringo`, é porque, e existe melhor marido que um gringo? Eu tô muiiiito contente com o meu, com qualidades que NUNCA vi em algum brasileiro, a comecar pela maneira que eles se comportam para as suas esposas...

Bjk

Tati disse...

a julgar pelo tamanho da conversa, imagino o tamanho da juba, rsrsrs.
Quando o meu marido corta, não dá tempo nem de botar em dia o jogo do Milan e Boca, rsrsrs
boa semana!

Rubina disse...

Ai lino lino...

AnadoCastelo disse...

Ahahah de Capitão virou leão? Mas você já é. Eheheheh
O homem não te conhece não.
Bjs