segunda-feira, 31 de março de 2008

O Delfim


Portugal, finais dos anos 60. Tomás Palma Bravo, o Delfim, o Infante, é o herdeiro de um mundo em decomposição. É ele o dono da Lagoa, da Gafeira, de Maria das Mercês, sua mulher infecunda, de Domingos, seu criado preto e maneta, de um mastim e de um "Jaguar E", que o leva da Gafeira a Lisboa e às putas. Um caçador, detective e narrador, que todos os anos volta à Lagoa para caçar patos reais, descobre, um ano depois, que Domingos apareceu morto na cama do casal Palma Bravo e que Maria das Mercês apareceu a boiar na Lagoa. Quanto a Tomás Palma Bravo e ao mastim, dizem-lhe que desapareceram sem deixar rasto. E que da neblina da Lagoa se ouvem agora misteriosos latidos.
Uma boa adaptação da obra homónima da autoria de José Cardoso e, sinceramente espero que nunca se deixem de fazer filmes destes no limitado cenário cinematográfico português.

7 comentários:

Júlia Moura Lopes disse...

esse actor agora entra numa novela portuguesa.

Eu gosto dela, é uma actriz com garra e filha de um grande actor também.

beijinho,Capitão

Zé Povinho disse...

Não vi.
Acabei de ler o post anterior, sobre o turismo brasileiro em Portugal, e posso confirmar o seu aumento, algo inesperado diga-se de passagem, e falo destes últimos meses em particular.
Será obra do D. Pedro ?
Abraço do Zé

Peach disse...

O cinema portugues está cada vez melhor... e os nossos actores também!

beijos :))))

Gi disse...

Plenamente de acordo, se bem que não aprecie pro aí além o actor. Embirrações (também tenho algumas)

Mais um intervalo no descanso para matar saudades dos amigos.

Um beijinho (vou ler-te mais abaixo para pôr alguma leitura em dia)

Paula Crespo disse...

Também vi o filme, há tempos. Muito bom, recomenda-se. A interpretação do protagonista, Rogério Samora, é excelente, se bem que ele tem sempre o mesmo registo, faz quase sempre o mesmo tipo de personagem. Enfim, é o tipo dele, também.
Bjs

Carla disse...

não vi, mas fiquei com vontade depois da descrição
bjs

AnadoCastelo disse...

Não vi o filme, tenho o livro em casa que comecei a ler e não consegui. Mas como isto foi há uns anos atrás talvez agora já consiga ler. Não sei porquê.
Bjs