domingo, 8 de junho de 2008

Bugiada de Sobrado


Todos os anos, a 24 de Junho, o povo acorre ao Sobrado, uma pequena freguesia do concelho de Valongo - distrito do Porto-, para assistir à Bugiada, o mais louco dos combates entre o Bem e o Mal. É um ritual único, que celebra um milagre de São João, encenado segundo regras definidas por uma lenda antiga.

Os mouros tinham uma povoação nas serras agrestes de Cuca Macuca, de cujas entranhas retiravam o sustento: pepitas de ouro. Os seus vizinhos eram gente simples, cristãos que viviam da agricultura e da pastorícia nos vales férteis de Pias e Couce. Estes, devotos de São João, a quem suplicavam favores em momentos de aflição, viam nos infiéis das serranias uma ameaça constante. Porém, a confiança no santo não tinha limites; com a sua fama de milagreiro, não deixaria mal sem remédio.
Quis um dia que a filha do rei mouro fosse acometida de doença desconhecida dos sábios. Já sem qualquer esperança, mas sabedor das proezas de S. João, o rei suplicou aos cristãos o empréstimo da imagem do santo, negado várias vezes. Por fim, o seu desespero despertou uma piedade colectiva, e lá foi o santo para terras infiéis, incumbido de arrancar a jovem princesa às sinistras garras do demo. Transbordando de felicidade, mandou então o rei mouro um mensageiro, convidando os seus benfeitores para um banquete de graças.

Uma armadilha bem montada, era o que era! Foram os cristãos enganados, ridicularizados (serviram-lhes apenas os restos) e roubados, ficando sem santo e sem rei, ambos feitos prisioneiros pelos mouros. De imediato planeiam vingança, o povo envergando trajes muito garridos, máscaras de semblantes horríveis, empunhando castanholas e guizos, a contar com as fortes superstições do inimigo. E foi assim que uma multidão irrompeu, de surpresa, na aldeia mourisca, berrando e pulando, munida de uma enorme serpente de madeira. Perplexos, os inimigos não ofereceram resistência. Resgatados o rei e o santo milagreiro, tudo voltou à normalidade nas terras dos cristãos.
Esta é a lenda, antiquíssima, que as gentes de Sobrado dizem estar na origem da Bugiada, uma festa inigualável em cor e movimento, única no nosso país, e que atrai anualmente, no dia 24 de Junho, milhares de forasteiros. Uma das recordações mais vivas que tenho da terra natal do meu pai.

9 comentários:

O Guardião disse...

Uma tradição que desconhecia completamente e que é muito interessante.
Cumps

Peach disse...

Tu de facto és um digno representante do nosso país e tradições!

beijo grande!

foryou disse...

Essa não conhecia... Mas parece-me uma festa tradicional bem bonita

G.D.M. (Wolf) disse...

Olá

Pois ja sabia desta tradição trabalhei bem perto de valongo e até morei bem perto de lá..

Esta bem descrito o teu post sobre o acontecimento...

Parabens e Abraço

Júlia Moura Lopes disse...

aqui tão perto e nunca vi, só na TV.

Rodrigo Ferraz Olimpio disse...

Eu nunca consigo comentar uma batalha atual (risos). No entanto ,parabéns pelo blog! Muito legal e de fato interativo!
Grande abraço,

Anónimo disse...

In accеssiοn to" perplexing" the nuisance
іs what hеlps thе recuperatіоn suе if the annоуаnсe ѕіgnals befoгe thеy cаn arrive
аt the wit. That's where the aurawave and its powerfulness as a TENS painful sensation fill-in, and can be used at your own free will, whenever you demand it for as foresightful as you ask.
My web page > http://aurawavereview.com/

Anónimo disse...

Mayhap this is part creditworthy for thе ѕuccess
that it's one of many TENS units monetary value more than than $200 some are fifty-fifty $400 or more, but the Aurawave comes in.

Also visit my site ... http://www.fooditud.com
My webpage > u rl

Anónimo disse...

Finаlly, many users lovе the
гelaxing massagе that it ωas the
cοmmencement one sаnсtioned by the mentality, aurawave besides performs a few оther crucial functions that fаcilіtate furnish eaѕe.



Feel free to visit my blog - http://demo.igfirlimedia.com/index.php?do=/profile-3357/info/