terça-feira, 27 de novembro de 2007

Ministério do Silêncio


Vocês sabiam que os serviços secretos brasileiros, diferentemente da CIA e da Mossad - que estão voltados para o inimigo externo -, tem poder para investigar e perseguir cidadãos brasileiros? E que em 78 anos de existência, nascido muito antes do golpe militar de 64, o serviço secreto do Brasil acumula mais barbaridades (chantagem, perseguição política, cumplicidade em assassinato, tortura e ocultação de cadáveres, estelionato etc.) que sucessos entre seus feitos? O jornalista mineiro Lucas Figueiredo, autor do premiado Morcegos Negros, conta em MINISTÉRIO DO SILÊNCIO, com surpreendentes detalhes, a história do serviço secreto no Brasil. Um livro inédito e revelador.
Ilustrado com fotos e documentos inéditos; e recheado de depoimentos de agentes e ex-agentes, o livro consumiu mais de sete anos de pesquisa de Lucas, que reuniu 26 quilos de arquivos sigilosos e mais de 100 horas de entrevistas com agentes e aposentados do serviço secreto, conseguindo assim a mais completa radiografia sobre o tema no Brasil.

5 comentários:

Maríita disse...

É engraçado a quantidade de coisas que desconhecemos sobre os serviços secretos de cada país. E ainda mais estranho é para mim que estes serviços funcionem completamente impunes e sem fiscalização.

Mas sei quem é que deve estar contente por ler esse livro.

Beijinhos

Breaking the Waves disse...

Não fazia a mínia ideia!

Aliás concordo a Mariita, provavelmente a maioria das pessoas desconhece as secretas dos seus países, eu pelo menos desconheço.

O Réprobo disse...

Parece-me um emprego interessante. Para onde devo andar o CV, Meu Caro Capitão-Mor? Claro que a Mariíta deixaria de ter privacidade, mas são os ossos do ofício.
Abraço

Tati disse...

acredito que esse fenômeno seja comum entre os países latino americanos, que não possuem histórico de guerras, mas sim de golpes e ditaduras... Ou seja, idéia de que o inimigo vem de dentro...

AnadoCastelo disse...

Não fazia ideia nenhuma que era assim que funcionavam os serviços secretos brasileiros. Aliás, acho que o cidadão de qualquer país não faz ideia de como actuam os seus próprios serviços secretos. Mas aí está um livro bem interessante para ler.
Bjs